segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

No Meu Baú da Vida
No meu baú da vida
Guardo meus segredos
Sonhos e medos
Guardo cartas de amor
Poesias que falam mudas
De desejos e dor
Guardo meu relógio do tempo
Onde marco minhas próprias horas
E sei dos meus momentos
Guardo rostos em retratos
E paisagens coloridas da retina
Pintadas em quadros abstratos
Guardo a palavra
Que nunca te falei
Mas também guardo o meu amor
Que por tanto tempo te dediquei
No meu baú da vida
Tem um canto especial
Onde guardo meu coração
Ferido e maltratado de amor
Ele tenta se recuperar
Em encontrar de novo a razão
Porque as ilhas dançam sobre os oceanos
E porque a lua beija toda noite o mar
E entre todos os meus desenganos
Guardo também essa louca vontade
De um dia menina da minha vida
Poder te encontrar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

Visite também:
O Livro dos Dias
A Tempestade
O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

8 comentários:

Paulo Becare Henrique disse...

Esses baús da vida contam a história das nossas dores e dos nossos amores... ou seja, conta a história de quem somos.

Grande abraço, amigo poeta!

Delano Alexandria disse...

Parabéns poeta estou lhe seguindo.

Delano Alexandria

fernando. disse...

Ao último barco do planeta chega mais uma passageira para fazer a viagem a seu lado meu comandante, todo o ano de 2011.
E que viagem maravilhosa a noite é linda e mar está calmo.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Amigo desculpa o primeiro comentário estava com o mail do meu marido, não coloca.

Ao último barco do planeta chega mais uma passageira para fazer a viagem a seu lado meu comandante, todo o ano de 2011.
E que viagem maravilhosa a noite é linda e mar está calmo.

Olhos de Mel disse...

São sonhos e desejos que nos perseguem... Lindo poema!
Beijos

Malu disse...

Poeta, amigo querido

Que guardemos sempre o melhor
em nossos baús ... :)


BjO.

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá amigo, como passou de ano?

Vim convida-lo a visitar meu Hanukká, estou voltando com uma linda postagem.
http://hanukkalado.blogspot.com

Feliz ano novo, bjinhos.

Para Meditação:

"Agora pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor". I Cor. 13:13

Vieira Calado disse...

Olá, viva!

Venho simplesmente desejar-lhe

BOM ANO de 2011!

Forte abraço