segunda-feira, 16 de maio de 2011

Clara Escuridão
Entre tambores e o silencio
No rufar da solidão
Escuridão de uma noite
Medos de um coração
Sob o céu eu salto
Na infinidade do mar
Não há maciez no asfalto
Das profundezas dos sonhos
De onde o amor quer chegar.

By Everson Russo
evrediçõesmusicais®©
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98
Visite também:
O Livro dos Dias
A Tempestade

O Livro dos Dias Poesias
Pedidos no email: evr.russo@uol.com.br

5 comentários:

José Sousa disse...

Ha grande poeta!
Mais uma beleza que nos presenteia!
Não sei se estes teus poemas são tocados com essa viola que tens em mãos, mas se forem, devem serem músicas lindas!

Um abraço.

Maria Luisa Adães disse...

Everson, querido amigo

Meu blogs esteve interdito, não sei a razão. O google agora está a fazer estas tristes figuras que nos
tiram a liberdade.

Teu poema fala de amor e fala do mar
e eu amei encontrá-lo no meu caminhar...

Feliz semana, meu querido,

um beijo,

Maria Luísa

PauloSilva disse...

É realmente um cantinh muito bele, este seu aqui.

Um abraço.

Maria Luisa Adães disse...

Everson

Te deixo um beijo e minha amizade.

Maria luísa

DÉIA disse...

Seu blog é muito bom por isso vim até o seu espaço e gostei muito do que li por aqui. Tenho um blog Tb gosto d++ de poemas. E estou te seguindo se VC puder da uma passada La no meu blog. VAI SER UM PRAZER SE PUDER ME SEGUIR...Bejs . Déia.........
Esse é o link do meu blog
http://wwwdeiablog.blogspot.com/