quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Transparência
Transparência
Da alma
Do olhar
Do céu
Água do mar
Do vidro da janela
Do vestido
Que mostra o corpo dela
Da água
Do infinito
Horizonte
De um coração aflito
Da poesia
Do amor
Da chuva fria
Da dor
Do papel
Do desejo
Do seu mel
Da piscina
Dos sonhos
Do sorriso
Daquela menina
Transparência
Autenticidade
Carinho
Lealdade
Inverno gostoso
No aconchego
Da sua cidade
De nuvens
De outros mundos
Dos seus suspiros
Desejos profundos
Transparência
De mim pra você
De você pra mim
Do meu querer
E do nosso jardim. 
 
By Everson Russo
evrediçõesmusicais©®
Direitos autorais reservados  lei 9.610 de 19/02/98

9 comentários:

LUZ disse...

Oi, querido!

Que transparências tão densas e saborosas!
O desfile de ideias, em seu poema, é de luxo. Tem guarda real e tudo.

Beijos da Luz, com ternura.

Giancarlo disse...

Un felice Natale e uno strepitoso fine 2012 a Te e ai tuoi cari!!

Cristal de uma mulher disse...

Lindas letras meu amado..tudo que gosto de ti esta forma de expressar sentimentos e sensualidade a flor da pele..

Meu muito carinho e boas festas e mais e mais sucesso.

Beijo no coração

Rachel Omena

Everson Russo disse...

Sempre sensual! Muito belo. Beijo Sónia em
Publicar | Excluir | Spam
Sónia M.

Cristiano disse...

Mto bom!@

Cristiano disse...

Mto bom!

LUZ disse...

Oi, querido Everson!

Você já algumma vez ficou preso, aconchegado, naquele lençol da imagem?
Acho que é um lençol bem extenso, não é? Ou é uma rede especial?

Te desejo um resto de dia feliz.
Beijos da Luz, com ternura.

LUZ disse...

Oi, querido!

Lhe desejo um excelente fim de semana, com alegria, frio e chuva.

Beijos da Luz, com carinho.

vieira calado disse...

Olá, meu caro,como está?
Venho expressamente desejar-lhe um Bom Natal!
Um abraço.
Um poema de Natal em
http://vieiracalado-poesia.blogspot.com